17 de outubro de 2010

medida de austeridade

Como medida de austeridade decidi, em Assembleia própria e com consenso de todas os part(idos) da minha consciência, que deixarei de dar importância a "fedelhices", criancisses e atitudes imaturas de pikenas com 1/4 de vida vivida e que acham que o mundo se resume ao seu umbigo.

E como medida máxima do meu ODEP (orçamento de estado psíquico), vou passar a cobrar os tais 23% de taxa por cada vez que o meu nome for envolvido em cuscuvilhices, merdisses e demais inutilidades típicas de quem não tem vida própria e vive a dos outros por falta de quem lhe aqueça o rabo nas noites frias.

à conta desta merda ainda recupero uns guitos...

4 comentários:

SP1 disse...

isto tem efeitos retroactivos, amiga?

é porque se sim...


(e seu falar de ti usando um nome fictício... tipo: Anaquilina Maria... também conta para a cobranças dos 23 "pecente"?)

Ela disse...

bela ideia!!!

tomaz disse...

conta

SP1 disse...

fak